segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Arquivo Kirian (resposta enviada de sua mulher, Judith, que permaneceu na Alemanha enquanto o marido se estabelecia no Brasil)

Poxa! Cansado até mesmo para falar com sua mulher? Não creio no que acabei de ler, mas... Tudo bem, fazer o que  né? Quando você estiver descansado e relaxado depois de uma massagem exótica de alguma brasileira sambista, você me liga, enquanto isso vou ficando por aqui esperando a sua lembrança de nossa existência... Mas, deixa eu parar de pensar nisso, eu realmente fiquei chateada por saber que estava cansado demais para me ligar... Estou preocupada sabia? Fiquei o tempo inteiro assistindo televisão para não ter nenhuma surpresa inesperada, mas que bom que foi apenas uma pequena turbulência (essa palavra tem acento viu, não fica bem você escrevendo errado). As crianças estão bem e como eu, também estão com saudades... Lhe mandam lembranças... O Chris ficou empolgado com sua observação com as garotas brasileiras, mas eu não... Como você sabe hein? Acho que esta olhando demais para os lados... Eu queria ter ido com você no mesmo instante, não sei por que não insisti, agora fico aqui agoniada... Sabe como sou... Enfim, fico feliz que tenha chegado bem e que nada aconteceu de ruim para você e espero que nada aconteça de ruim para mim também... Se concentre no trabalho viu, senhor Lepárdy e não esqueça que deixou uma mulher do outro lado do mundo também tá.
Mande notícias todos os dias
Amo você também
Judith Lepárdy

ps. Toma sua linha hein :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário